Curiosidades

Lucian Freud

Lucian Freud

Lucian Freud (1922-2011), famoso por suas observações inflexíveis de anatomia e psicologia, fez com que até mesmo as pessoas bonitas (incluindo Kate Moss) parecessem feias. Um dos mais célebres retratistas do final do século XX, Freud pintou apenas as pessoas mais próximas a ele: amigos e familiares, esposas e amantes e, por último, mas não menos importante, ele mesmo. Sua série perspicaz de auto-retratos durou mais de seis décadas. Incomum entre artistas com carreiras tão longas, seu estilo permaneceu notavelmente consistente. Talvez, inevitavelmente, a intensidade psíquica de seus retratos Leia mais

Impressionismo: a pintura da luz

Impressionismo: a pintura da luz

O Impressionismo foi um movimento artístico francês do século XIX que marcou uma ruptura significativa da tradição na pintura européia. Os impressionistas incorporaram novas pesquisas científicas à física da cor para obter uma representação mais exata da cor e do tom. A mudança repentina na aparência dessas pinturas foi provocada por uma mudança na metodologia: aplicar tinta em pequenos toques de cor pura, em vez de pinceladas mais amplas, e pintar ao ar livre para captar uma impressão particular de cor e luz. O resultado foi enfatizar Leia mais

O artista vivo mais caro do mundo

O artista vivo mais caro do mundo

David Hockney se tornou o artista mais valorizado depois que uma de suas pinturas de piscinas mais conhecidas foi vendida por US$ 90,3 milhões em um leilão em Nova York. O retrato de um artista (Pool with Two Figures) foi arrematado depois de nove minutos de lances na Christie’s, em 15 de novembro de 2018, quebrando o recorde anterior de um artista vivo de Balloon Dog (Orange), de Jeff Koons, vendido por US$ 58,4 milhões em 2013. Nascido em Yorkshire – Inglaterra, Hockney, 81, pintou Leia mais

Arte e suas origens

Arte e suas origens

De onde vêm a vontade, a necessidade de criar, de se manifestar artisticamente? Como surgiram as formas artísticas? Existem muitas maneiras de explicar o que é arte, ou mesmo diferentes motivações que levam os artistas a fazerem o que fazem. Mas não é possível saber com precisão quando o ser humano começou a fazer o que hoje entendemos como arte. Esse é um dos muitos mistérios do passado da humanidade. Alguns vestígios materiais arqueológicos, no entanto, nos dão pistas de como nossos ancestrais viviam e Leia mais

Pintura de marinhas

Pintura de marinhas

O mar constitui um dos motivos favoritos de boa parte dos pintores, havendo muitos, como o brasileiro José Pancetti, que lhe dedicaram a maioria de seus trabalhos. Contudo, reproduzir sobre tela ou papel o movimento incessante do mar não é uma tarefa simples, embora algumas providências básicas possam ajudá-lo bastante a tornar-se um marinhista de sucesso. Planeje a pintura Qualquer que seja o motivo que você pretende pintar, observe-o bem antes de iniciar o trabalho e planeje com cuidado todas as etapas de execução. Tratando-se Leia mais

Como pintar naturezas-mortas

Como pintar naturezas-mortas

Natureza-morta é um dos temas que melhor permitem ao artista explorar a riqueza da cor contida na própria tinta. Grandes mestres de todas as épocas aproveitaram ao máximo essa qualidade, pintando frutas reluzentes, cintilantes gotas de orvalho, brilhantes peças de vidro, cheias de cor e cheias de luz. Para os principiantes, a natureza-morta oferece a oportunidade de trabalhar com uma composição que, dando-lhe controle total sobre o arranjo, a iluminação e o esquema de cores, constitui excelente ponto de partida para explorar um conjunto de Leia mais

Desenhos de edificações

Desenhos de edificações

Desenhar ou pintar prédios exige do artista o mesmo tipo de dedicação que um arquiteto usa ao elaborar um projeto. É difícil fazer uma escolha, mas lembre-se de que, além de igrejas, mansões imponentes e casas de campo pitorescas, prédios modernos também são motivos interessantes, com suas linhas audaciosas, fachadas de vidro e colunas de aço. Porém, as edificações apresentam o problema da uniformidade: linhas verticais e horizontais repetitivas, bem como grandes áreas de paredes vazias, podem tornar o desenho monótono – a menos que Leia mais

Desenhos de interiores domésticos

Desenhos de interiores domésticos

Retratar interiores – sejam eles ricamente decorados ou, ao contrário, evocativos por sua própria simplicidade –  sempre foi desafio para aqueles que se dedicam ao desenho e à pintura. Ao lado da riqueza de motivos que oferecem, os interiores domésticos trazem também seus problemas e apresentam, às vezes, armadilhas que colocam à prova a versatilidade de quem desenha, exigindo uma sutil habilidade para trabalhar com a iluminação, um bom sentido de composição e um olho apto a escolher com segurança o ponto de vista correto. Leia mais

Como aproveitar a luz na pintura

Como aproveitar a luz na pintura

Certa vez perguntaram ao pintor realista Édouard Manet qual era a personagem mais importante de sua célebre obra “Almoço na relva”. E ele respondeu: ” A luz”. Mesmo que você não seja tão apaixonado pela luz quanto Manet, e ainda que encontre dificuldade em captá-la, jamais a deixe de lado em seus trabalhos. Ao contrário, observe bem como ela incide na cena que você está pintando. Procure identificar seus variados efeitos e transforme-os no aspecto principal de seu quadro. Ao pintar objetos, por exemplo, note Leia mais

Tudo sobre cor – Disco Cromático

Tudo sobre cor – Disco Cromático

Toda cor possui três características: matiz, tom e intensidade. Matiz é a característica que define e distingue uma cor. Vermelho, verde ou azul, por exemplo, são matizes. Tom refere-se à maior ou menor quantidade de luz presente na cor. Quando se adiciona preto a determinado matiz, este se torna gradualmente mais escuro, e essa gradações são chamadas de escalas tonais. Para se obterem escalas tonais mais claras, adiciona-se branco. Intensidade diz respeito ao brilho da cor. Um matiz de intensidade alta ou forte é vívido e Leia mais

Como enfatizar um plano

Como enfatizar um plano

Como enfatizar um plano Aquarela e acrílica sobre papel de José Mianutti Depois de escolher o motivo de sua pintura, você precisará definir que parte da composição será colocada maior ênfase: no primeiro plano, no intermediário ou no fundo. Se os três receberem o mesmo espaço e forem tratados da mesma maneira, o resultado será uma pintura desinteressante e confusa. Uma das maneiras de evitar que isso ocorra é eleger um dos planos como “responsável” principal pela apresentação do que você tem a dizer, deixando Leia mais

A importância do esboço

A importância do esboço

Praticando um pouco todos os dias, você logo supera a fase dos rabiscos e começa a desenhar de verdade. Quanto mais você treinar no seu bloco de esboços (que pode ser até um caderno escolar de desenho), melhores serão os resultados. Tenha sempre à mão o bloco. Você verá que muitos motivos (temas) vão despertar seu interesse. Rabisque-os à vontade, pois o bloco serve justamente para exercitar a técnica. O ideal é praticar pelo menos quinze minutos por dia. O bloco é perfeito para desenvolver Leia mais

Livros de Arte

Livros de Arte

Livros de Arte que recomendo Para o artista (ou para quem pretende ser), só a técnica não basta. É necessário investir na teoria também. Afinal, só se faz um trabalho relevante, sabendo o que veio antes – e em Arte, praticamente tudo já foi feito. No vídeo a seguir, fiz uma pequena seleção dos livros sobre arte que possuo e indico, principalmente para quem está começando. São livros fáceis de encontrar e de valores relativamente baixos. Hoje em dia, a internet dispõe também de muita Leia mais

10 dicas para aprender a desenhar

10 dicas para aprender a desenhar

10 dicas para aprender a desenhar Neste vídeo, falo à respeito de materiais, criatividade e dou 10 dicas para que vocês se inspirem e possam melhorar suas criações. Ao contrário do que muitos pensam, não é preciso material caro para fazer desenhos originais e expressivos. Também aconselho vocês a desenvolverem o seu próprio estilo e não apenas copiarem o trabalho de outros artistas. Essa prática é válida para quem está começando (e encorajo muito isso, afinal de contas, quase todos os artistas famosos e já Leia mais

Meus trabalhos da faculdade

Meus trabalhos da faculdade

E aí, pessoal!!! Tudo certo? Minha paixão pela arte é bastante precoce. Desde criança sempre fui fascinado por desenho e pintura. Me formei em Artes Visuais em 2005 e o vídeo abaixo mostra um pouco da minha produção nesta época. São trabalhos que, hoje em dia, considero muito ruins (rsrsrs), mas me deram a base para o que faço hoje. Então cliquem no vídeo e vejam o que e como eu fazia meus desenhos e pinturas de 13 anos atrás… Espero que gostem e até Leia mais